quarta-feira, 12 de julho de 2017

Uma viagem nem um pouco sonhada - Resenha

Uma viagem nem um pouco sonhada

Autora:Arlene Diniz
Ano: 2017
Páginas: 260
Editora: Upbooks


Sinopse:
Shopping. Cinema. Piscina. Praia. Festas do Pijama regadas a muito brigadeiro. Tudo isso estava na lista de coisas essenciais para as férias de verão perfeitas de Betina, uma carioca de 15 anos super-descolada. Criada numa família cristã, vai à igreja desde a barriga da sua mãe. Mesmo assim, Betina não leva a fé muito ao pé da letra e vive a vida da maneira que acha melhor. Ela e suas duas melhores amigas, Beca e Luca, planejaram as férias por meses. O que não estava nos planos de Betina, porém, era que sua mãe viesse não com a proposta e sim com a informação de onde toda a família passaria as férias de janeiro: na casa da prima Zuleide, numa cidadezinha de interior que cheirava a esterco chamada Gruta Alta. A menina retrucou, chorou, esperneou... Mas nada foi suficiente para fazer a Dona Gláucia mudar de ideia, porque essa quando põe algo na cabeça... Sai de baixo! Betina que o diga. O jeito então foi arrumar as malas e partir rumo à roça. Mas para que a mãe não achasse que Betina se deu por vencida, a garota de opinião firme estava determinada a passar as férias inteiras trancada no quarto com cara de poucos amigos. Ela só não podia imaginar que as duas primas bregas até o último fio de cabelo que conhecera na infância estariam tão mudadas. Nanda e Sissa eram bonitas por fora e, principalmente, por dentro. Através delas, Betina conheceu uma galera pra lá de diferente que não só tirou seu desgosto com a viagem, como também marcou sua vida para sempre — até a eternidade.

Sabe aqueles livros apaixonantes? Que a vontade que você tem ao terminar, é ler tudo novamente... ler uma continuação sobre ele... sair contando e indicando para todo mundo? ... Sim, senti tudo isso e muito mais, ao concluir essa leitura. E antes mesmo de postar a resenha (um pouco atrasada, por andar com o tempo muito corrido), já falei sobre ele para várias pessoas que conheço.

Bom... vamos a resenha, espero que curtam e se interessem pela leitura 😉.

Uma viagem nem um pouco sonhada, trata-se de uma viagem de férias de uma família cristã, que por escolha dos pais, resolveram passar esse período, visitando parentes em uma cidade do interior. Algo bem natural, porém um tanto quanto difícil, para uma jovem de 15 anos, super "antenada" e "conectada" 24h...

Aquelas seriam as piores férias que a Betina poderia desejar. Longe das melhores amigas, do "ficante" mais gato da escola e principalmente, longe de tudo que se passa nas redes sociais... sim! Em Gruta Alta, até tem internet, porém o sinal é horrível - quase inexistente - . 
Essa não era a primeira visita de Betina à cidade, porém mesmo quando era mais jovem, ela nunca gostou do lugar, dos parentes, e não suportava as primas "caretas". 
O que ela não esperava era que logo no primeiro reencontro com as primas Nanda e Sissa, aquela sua "opinião formada" sobre elas e todo o resto, começaria a "cair por terra". E que ao ver o anjo - ops! - O Noah, um sentimento muito maior, surgiria em sua vida... Um sentimento tão simples, e ao mesmo tempo tão complexo... 


Uma viagem nem um pouco sonhada, é um romance cristão; pela capa poderíamos dizer que trata-se de um infanto juvenil, porém o seu conteúdo consegue atingir além desse público alvo, qualquer leitor - independente de idade e de religião -. A escrita da Arlene Diniz é simples, verdadeira e contagiante.

A Betina - protagonista - apesar de ter crescido em um lar cristão, de vivenciar os momentos da caminhada ao lado dos pais, como também dos outros jovens de sua congregação, ainda não conhecia verdadeiramente à Deus.

Durante essas férias, junto com as primas, o Noah e outros personagens, que mesmo sendo secundários, são extremamente marcantes e importantes no decorrer de toda a história, acaba descobrindo que ter uma religião, ir a uma igreja, participar de encontros de jovens... Não fazia dela uma cristã de verdade.
A Betina em alguns dias de férias, aprendeu mais do que em toda a sua vida, aprendeu que a conversão deve partir primeiramente de si, é algo que acontece de dentro para fora, que devemos descobrir, reconhecer, valorizar e mudar, quando assim for necessário... 

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus." Mateus 7:21.

Converter a si mesmo, amar a si mesmo, respeitar a si mesmo... Tudo isso é essencial para que possamos amar ao Deus pleno e verdadeiro e transmitir também esse amor, para quem está ao nosso lado.

"Amar não é viver aprisionado a um sentimento [...] porque o amor, na verdade, liberta."

Essa foi a mensagem que consegui absorver ao final da leitura. Que em diversos momentos nos faz refletir, rir, e até se emocionar. Uma história muito bem "contada", com personagens bem construídos, e que apesar de ser "romance cristão", não "impõe" a religião, a autora tem um dom maravilhoso não só da escrita, mas também de nos apresentar ao Deus verdadeiro e nos fazer querer conhecê-lo melhor, conversar com Ele, agradecer e pedir, contar as alegrias e medos, demonstrar a necessidade que temos de tê-Lo em nossa vida.

Ao lado da Betina, de seus familiares, dos jovens de Gruta Alta, e também de seus amigos que ficaram lá no Rio de Janeiro à sua espera... Passamos momentos de altas risadas, diversão, angústias, medos, dúvidas... um misto de sentimentos reveladores, mas o mais lindo deles é o amor, o amor apresentado de diversas maneiras possíveis, porém sempre "simples e verdadeiro"

Quanto a edição da UpBooks, eu achei a capa super fofa e os elementos apresentados, tem tudo a ver com a história. As páginas são amareladas e as fontes são de um ótimo tamanho para leitura. Bem revisado, não encontrei erros ortográficos. 

Ps. Se você não é Cristão Evangélico, e não costuma ler esse gênero de livro, sugiro que dê uma oportunidade não só para esse, mas também para outros títulos (tenho alguns resenhados aqui - Uma chance para a esperança/ Upbooks - Viagens Fantásticas pela Bíblia Antologia Cristã I/Upbooks - Quero me apaixonar/Chiado ), pois se a leitura de um livro qualquer, sempre tem algo a nos acrescentar... esse gênero com certeza, vai te trazer experiências novas e marcantes.


Para conhecer mais sobre a autora, segue nas redes sociais... e para adquirir o livro, é só ir lá no site oficial da Editora. Deixarei os links abaixo 😉
Arlene Diniz - Canal YouTube - Blog - Facebook




segunda-feira, 10 de julho de 2017

Todos Iguais, Poucos Diferentes - Resenha

TODOS IGUAIS, POUCOS DIFERENTES
Autora: Morais de Carvalho
Idioma: Português de Portugal
Editora: Chiado Editora


Sinopse:
Agora, neste preciso momento, esqueça o que está ao seu redor. Pare e sente-se comigo neste banco de jardim. Observe todas estas pessoas que correm, que sobrevivem, que morrem. Sinta o seu cheiro a desespero, veja a sua luta diária para pertencer à sociedade. Repare agora nos pormenores: a vizinha que me acolhe nos seus braços e me vem dizer um «olá», uma mulher que foge de mim por ter medo de se tornar num ser louco como eu e um gato que se esfrega nas minhas pernas. Venha, sente-se comigo no meu banco de jardim e no final poderá decidir se quer ser afinal como todos os outros, levantar-se e ir a correr atrás de todos nós, à procura de coisa nenhuma, ou se por outro lado prefere sentar-se neste banco e caminhar os seus próprios pensamentos. Sente-se, vou contar-lhe a minha estória, a minha loucura.
Resenha:
Uma obra de fácil leitura, mesmo em Português PT, é de fácil entendimento, narrado em primeira pessoa, contando a história de um homem sem identidade com o qual podemos ou não nos identificar em algumas passagens.
A autora inicia sua obra instigando o leitor a refletir “O que é ser normal?,”, “Sou normal?”, “O que tenho de igual ou diferente das outras pessoas?”. Vivemos numa sociedade onde poucos se preocupam com o bem estar do outro, muitos pensam apenas em si mesmo, seus problemas, sua própria vida. Presos no próprio egoísmo ou será, em sua própria insanidade?
No desenrolar da trama a autora nos apresenta um personagem principal sem nome, que vive só em um apartamento, sem família, sem amigos, sem sonhos e que encontra em Dona Maria um meio de se manter ligado à realidade, a única pessoa com quem se relaciona com carinho.
Em meio ao desespero, a correria do dia a dia, aos seus medos e anseios. Esse personagem procura um significado para tudo que aconteceu na sua vida desde a infância, quando senta no banco do jardim na companhia do gato que se tornou um amigo, ele se perde em pensamentos e devaneios, momentos que marcaram sua existência, principalmente no curto período em que viveu junto com seus pais e todo sofrimento que desencadeou com a separação, o momento em que foi viver longe dos seus familiares mesmo contra sua vontade.
Uma frase martelava em sua mente, sempre que começava a pensar nos acontecimentos de sua vida “TU ÉS ANORMAL”, como falei no inicio a autora trás esse questionamento, o que significa essa palavra e qual o peso que ela pode ter sobre a vida de alguém, como eu ou como você?

A autora trás uma abordagem diferente ao "Eu humano", com a construção de um personagem enigmático e complexo, em uma trama repleta de sentimentos, questionamentos e reflexões.


Só um louco fita a escuridão. Só um cego vê através dela. E lá estava eu a fitá-la...


O livro tem apenas 144 páginas, uma boa diagramação, as páginas são amareladas e super leves (algo que amo nos livros da Chiado).


Morais de Carvalho


Diana é o seu primeiro nome, por ser nome de princesa, segundo sabe. Nasceu na longínqua Moimenta da Beira, onde nada acontece e tudo se transforma em paisagens verdes e vivas. O seu amor por viagens só é ultrapassado pela paixão incondicional por gatos. O destino já a levou até à entrada da Área 51 nos EUA, bem como a um passeio pela fronteira da Faixa de Gaza. Apaixonada por mudanças, o que mais a admira na vida é o facto de não saber o amanhã. O amanhã não é de ninguém.

Para adquirir o livro - Chiado Editora

sábado, 1 de julho de 2017

Em Busca do Amuleto de Aloni (As Quatro Portas do Tesouro #1) - Resenha

Em Busca do Amuleto de Aloni
As Quatro Portas do Tesouro # 1

Autora: E. Samuel
Ano: 2014
Páginas: 235
Idioma: português
Editora: Independente







Sinopse:

Apesar de não ser mais uma adolescente, eu gosto de ler livros voltados para o gênero infanto juvenil, além de serem leituras leves, são livros que gosto de conhecer para incentivar meus filhos a lerem.
Em busca do Amuleto de Aloni, é um livro de aventura infanto juvenil perfeito, "sim, perfeito", sem exageros.
A escrita da autora é simples, detalhada e cativante... não aquela forma "detalhada" que cansa o leitor, mas àquela tão bem expressada que conduz o leitor para dentro da história, o permitindo visualizar cada cena. E isso é algo primordial em um livro deste gênero.
É o primeiro livro da E. Samuel, e nos apresenta a Júlio, Marcelo e Daniel. Três garotos com personalidades distintas, que criaram entre si, um elo verdadeiro de amizade, onde cada qual com seus medos e destemores, uniram-se e partiram em busca de respostas.
A curiosidade em saber que mistérios escondia, a tão temida "Mata do Anatema", os levou a procurar pessoas que conheciam as histórias do passado daquela pequena cidade, e o que ouviram aguçou ainda mais, o interesse dos três garotos.

Após decisão tomada, e ao adentrarem naquela mata repleta de segredos nunca desvendados, a aventura tomou conta de cada página do livro, e a autora estreia nesse mundo literário, com uma destreza semelhante a de grandes autores já renomados. O que me faz acreditar que a E. Samuel tem um enorme potencial a se destacar, o que me deixa feliz e orgulhosa em poder conhecer mais um "talento nacional".

Com um misto de sentimentos, aventura e humor, a Elaine ainda consegue agregar valores importantíssimos aos jovens leitores.
Os personagens são bem construídos, desde os protagonistas, como também os secundários.
Uma história repleta de desafios e superação de limites, uma magia que encanta e também emociona, trazendo reflexões até para nós "adultos leitores"
O final bem pensado e deixa a leitura concluída, porém é o primeiro livro da série, e já podemos acompanhar mais aventuras de "As Quatro Portas do Tesouro", no livro dois...  "O Resgate de Althea".

Para adquirir seus livros, é só entrar em contato diretamente com a autora em suas redes sociais, ou através do site oficial.






sábado, 3 de junho de 2017

Bella Borges - Parceria

Bella Borges
Nova autora parceira do blog.
Vamos conhecer um pouco mais sobre a Bella e seus trabalhos?

Ela acredita de maneira tremenda no amor e transfere tudo o que há de bom dentro do seu coração para seus livros. Ela escreve romance, pois sabe que o mundo será melhor se as pessoas acreditarem de verdade na reciprocidade do amor. Ela é daquele tipo de menina apaixonada que sonha alto e com um lindo felizes para sempre.

Bella Borges é autora dos livro Capuleto e Acredite em mim. Beatlemaniaca, amante de musicas britânicas e filmes de comedia romântica, desenhos animados e grande fã do Nicholas Sparks. Curso: Veterinária.



Sabe aquela sensação de que a ficção pegou um pouco da realidade emprestada?

Essa foi minha sensação ao conhecer o novo livro de Bella Borges. A garota introspectiva, obsevadora, que encontra seu lugar nas obras que escreve, me lembra de uma certa jovem cujo coração se expressa na ponta da caneta: Bella Borges. Mas se ela “se empresta” dessa forma a sua nova heroína, Ronie por sua vez, a leva para Londres, e deixa seu coração navegar.

Assim dá voz à sua própria juventude e valores, ressaltando a presença de pessoas especiais com quem sabe poder contar, ressaltando a cura pelo amor. ‘Acredite em Mim’ não é apenas o nome do seu livro, é um chamado, um chamado para vida jovem e os olhos brilhantes, que se dividem entre o medo da mudança e a carícia do vento.

Em Acredite em Mim, a Escritora Bella Borges transporta o leitor para uma história emocionante. Com um olhar sensível, intensidade ímpar e pitadas de romantismo o livro é um convite para quem aprecia uma boa história de amor. Entretanto Bella vai além, possibilita que o leitor possa discorrer sobre amizade, confiança e família. Uma trama emaranhada de conflitos, decisões e escolhas que nos identificam com o enredo. Escrito em primeira pessoa, a protagonista Ronie ganha nosso coração pelo seu lado sincero e a sua veracidade. Os outros personagens também são bem construídos, sendo peças fundamentais da história. Um convite para repensar o nosso destino e o que decidimos fazer com ele. Se formos vitimas da nossa própria sorte ou se podemos transformar aquilo que nos aconteceu em algo extraordinário. Assim como a personagem principal aprender a recomeçar sempre. Todo final pode ser o começo para algo e repleto de surpresas deliciosas.

A jovem Ronie que supera seu trauma e descobre o amor é uma metáfora da juventude, que se questiona, se fecha, e parece ver o mundo em preto e branco. Na verdade, ela está apenas se voltando para seu mundo interno, e tentando dar algum sentido ao mundo que a recebe. Jovens como Ronie estão escolhendo as cores desse mundo, pintando as paisagens, criando os mares e colorindo os ventos. E assim como ela, vão, aos poucos, perdendo o medo e se deixam navegar no infinito, com o vento brincando em seus cabelos.

E aos poucos o drama se tornou cômico na brisa leve do romance que percorre toda a história de duas irmãs que vivem um trágico acontecimento em suas vidas ainda na infância, mas o amor e a amizade as tornam mulheres incríveis.

Acredite em mim - BOOKTRAILER

Bella Borges - You Tube - Blog

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Notícias - Grupo Editorial Scortecci

Chuva Literária
Uma Antologia de Autores Nordestinos

REGULAMENTO

Estão abertas as inscrições para a Antologia de Poesias, Contos e Crônicas CHUVA LITERÁRIA. O tema é livre. 
Dela poderão participar escritores nordestinos residentes ou não na região nordeste, maiores de 16 anos, organizados por nome de autor, em ordem alfabética. 
Inscrições até 31 de julho de 2017 ou até o preenchimento das 60 vagas, o que acontecer primeiro. 
Cada Autor poderá participar com um ou mais trabalhos de sua autoria, nos gêneros poesias, contos ou crônicas, em duas ou quatro páginas (número máximo de páginas). 
No cabeçalho de identificação de cada participante constará a biografia do autor, com até 500 caracteres. 
A antologia não é concurso e todos os inscritos terão seus trabalhos publicados, desde que em conformidade com as regras de participação. 
Não há obrigatoriedade de o material enviado para publicação ser inédito. Os trabalhos deverão ser em língua portuguesa, o que não impede o uso de termos estrangeiros no texto. 
Não serão aceitos trabalhos coletivos. Cada inscrição deverá ter obrigatoriamente apenas de um autor. 
Lançamento: Bienal Internacional do Livro de Pernambuco - em outubro de 2017.

FICHA DE INSCRIÇÃO >> Aqui


sábado, 13 de maio de 2017

Resenha - O Medo de Virgília

O Medo de Virgília 
Autora: Rosa Mattos 
Idioma: Português 
Páginas: 200 
Editora: Selo Jovem 

Sinopse 
Cercada por pessoas desajustadas (psicopatas, neuróticas, depressivas, insanas, obsessivas, fóbicas e inescrupulosas), Virgília luta para manter sua sanidade mental. Dividida entre cuidar da própria vida e ajudar seus familiares que precisam dela financeiramente, muda-se de Cristal (pequena cidade gaúcha) e vai morar sozinha em Porto Alegre, num apartamento herdado pela mãe. Assim, poderá ficar mais perto de Marília, sua irmã mais nova, internada numa clínica depois de tentar matá-la, após sofrer um surto psicótico. Virgília começa a trabalhar como gerente de uma joalheria. Lá, ela conhece Alex, o entregador de joias e os dois se apaixonam. Em pouco tempo, serão envolvidos por um laço de amor que os manterá unidos, contra todas as adversidades. Além de ser um homem apaixonante, Alex possui um dom incomum, que o torna capaz de tirar vidas, ou salvá-las. E este seu dom, terá um papel importante para os rumos desta história. Uma trama onde o grande mistério é descobrir como Virgília conseguirá lidar com tantas situações difíceis que a cercam, sem enlouquecer. 


O Medo de Virgília é uma obra em que a personagem principal Virgília está sempre interagindo com os personagens secundários, a cada capitulo conta-se um pouco a história de cada um, colocando em evidência a cada novo personagem que surge o contraditório da “MENTE HUMANA”, a capacidade de cada um de criar situações que fogem a compreensão, chegando a assustá-la e fazendo surgir em sua própria “MENTE” o medo de perder a razão e enlouquecer.

A autora Rosa Mattos explora o imaginário dos leitores, no que diz respeito à situações criadas por mentes perturbadas e por que não dizer até mesmo assustadoras. 

“Aquela era a primeira vez que via um homem morrer. Apenas em seus sonhos tinha visto tanto sangue assim. Não sentiu pena. Não sentiu medo. Não sentiu nada, além de um forte arrebatamento, uma espécie de prazer”. (Anne). 

Para falar a verdade nos primeiros capítulos fiquei um pouco confusa com a gama de situações catastróficas que surgem, e perdi um pouco o interesse na leitura, mas não sou de parar pela metade, se começo, gostando ou não vou até o fim, e aí depois fui compreendendo a relevância de alguns acontecimentos para o andamento e desenrolar da trama, me prendendo a essa teia de suspense e mistério.
Após algumas situações catastróficas o aparecimento de Alex na vida de Virgília, que é como um bálsamo surgindo para salvar e resguardar sua sanidade mental. - Será? -. 
Tantos acontecimentos, tantas dúvidas, tantos medos e sua busca incessante pelas respostas as suas indagações tanto a perturbam. Tantas situações criadas por mentes perversas, outras por mentes perturbadas e outras por mentes em busca da paz interior, tentando ajudar aos que necessitam de algum tipo de libertação. 

A autora deixa algumas incógnitas, o que nos faz pensar em um desfecho final para alguns personagens.
Perguntas que ficam na cabeça de nós leitores: 
- Marília, Alan, Jéssica e Anne conseguirão controlar suas mentes e ter um bom desfecho em suas histórias? 
- Dora e Emiliano conseguirão vencer os traumas e medos que os assustaram em toda sua existência? 
A leitura do livro, nos permite ficar mais atentos, e nos faz pensar o quão pouco conhecemos sobre a “MENTE HUMANA” e suas peculiaridades. 
Indicado para quem gosta de um bom Romance Policial, e quem não costuma ler o gênero, é uma boa indicação para iniciação no mesmo.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Lucas de Andrade Melo - Autor Parceiro

Nova parceria do blog!

Lucas de Andrade Melo
Conhecido no meio literário por L.A. Melo - é morador do Rio de Janeiro e além de aquariano, é escritor. Já publicou seu primeiro livro intitulado “Antes Que o Tempo Acabe” e sua outra paixão além da leitura e a escrita, sem dúvidas é o cinema.





Antes Que o Tempo Acabe

Sinopse: Claire Withley, uma eximia nadadora, tem uma vida aparentemente perfeita e está prestes a subir mais um degrau em sua vida profissional quando uma terrível doença cruza o seu caminho.
Com a estimativa de oito meses de vida, sem seu namorado e com os laços da família se corroendo, ela terá apenas a companhia de Lisa e Albert Louis “Alo” Watson, um misterioso estudante de psicologia que a conhece por intermédio de duas perguntas.
Claire viverá o tempo que lhe resta em forma de grandes aventuras ou abdicará de seus direitos se entregando totalmente para dor?

Ela terá que conhecer a si mesma para responder as duas perguntas que lhe assombram, Antes que o tempo acabe.

Para conhecer mais sobre o Lucas e seus trabalhos, acesse os links abaixo 👇

domingo, 30 de abril de 2017

Experiências Literárias com o #NomeProvisório - Blogagem coletiva

Olá Pessoal!
Hoje é o nosso último post de blogagem coletiva do #NomeProvisório.

Como vocês puderam acompanhar aqui no blog, neste mês de Abril fizemos posts coletivos aos domingos, todos falando sobre o mesmo tema, porém cada qual com seu ponto de vista. E essa foi mais uma das experiências maravilhosas que compartilhei com essa galera linda.
Se vocês ainda não viram nada sobre o nosso grupo #NomeProvisório, vou te falar um pouco de como surgiu e o que eles tem me proporcionado... Vamos lá?
Em Setembro/16 a Thamiris do Eu Li Ou Vou Ler, me convidou para participar do projeto Setembro Policial, que consistia em ler livros voltados para essa temática, e juntamente com outros blogueiros também convidados por ela, eis que surge para mim a minha primeira experiência em grupo de leitura. Você pode conferir o que rolou aqui no blog e nos dos outros participantes clicando aqui >> Setembro Policial

Bom, com certeza além de muitas leituras ótimas, o #SetembroPolicial também nos rendeu grandes amizades, o grupo criado no whatssap  teria que continuar e antes mesmo de decidirmos um nome para o grupo, ele foi batizado como #NomeProvisório. 
A cada mês um dos participantes indica 4 livros que são votados para decidir a leitura do mês seguinte e isso para mim foi algo maravilhoso, pois já acabei lendo livros que nem conhecia e que me tiraram da zona de conforto e ainda se tornaram queridinhos.
As indicações são diversas, como vocês poderão ver na lista a seguir...
Outubro – O Bebê de Rosemary, Ira Levin

Novembro – A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra, Robin Sloan

Dezembro – A Máquina de fazer Espanhois, Valter Hugo Mãe

Janeiro – Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley

Fevereiro – Entrevista com Vampiro, Anne Rice

Março – Amor Amargo, Jenifer Brown

Abril – A Máquina de Contar Histórias, Maurício Gomyde

Bom... Confesso que não consegui ler O Bebê de Rosemary (sou medrosa demais para ler terror), mas segundo as discussões sobre o livro, não é algo tão assustador assim, então pretendo ler algum dia.

Nossa última leitura (Abril) foi A Máquina de Contar Histórias, do Maurício Gomyd... Eu que indiquei os livros e fiquei feliz por esse ter sido o escolhido na votação pois era uma leitura que queria realizar à algum tempo. Adianto para vocês que amei o livro e logo postarei a resenha sobre ele aqui no blog.
Enquanto isso vocês podem acompanhar a discussão Aqui, no grupo de leitura criado no facebook - Sim, depois de meses dividindo essas leituras apenas entre nós no whatssap, decidimos criar um grupo no Facebook e abrir esse leque maravilhoso de oportunidade de conhecer novos livros, novos autores... Com todos aqueles que são amantes da leitura e não precisa ter blog não tá, é só pedir para entrar no grupo e ler junto com a gente. Vem estamos esperando por vocês!

E para finalizar esse post, gostaria de falar sobre o meu "lado sentimental" com essas pessoinhas...
A Thami, a Isa, a Ana, a Jeni, a Cris, o Paulo e o Luke... São os amigos digitais mais fofos que poderiam existir e apesar de ser a mais velha do grupo - sim, tenho que confessar isso - eles me ensinam a cada dia algo novo, além de compartilharmos nossos gostos por leitura, também compartilhamos nosso dia a dia, nossos problemas, alegrias e conquistas. E isso me faz um bem enorme!
Eles sempre me "arracam" sorrisos enormes, mesmo estando cada um em cidades/estados diferentes (menos o Paulo e a Ana - nosso casal Ponto).


Para vocês meus amiguinhos, esse abraço virtual e tão... tão literário!
E um dia se Deus nos permitir, poderemos falar sobre nossos livros e autores preferidos pessoalmente - mas com certeza não falaremos só de livros - bem, é assim que imagino nosso encontro ⇩


Nada normal! hahah, somos meio maluquinhos quando estamos juntos - mesmo que virtualmente/digitalmente falando -  princialmente a Isa das facas (Te amo Isa) e o Paulo (rei das frases mais loucas e originais), o Luke que ama terror, mas é um super fofo com o coração enorme... Bom, a sessão amorzinho já foi longe demais né? 
Então deixa só eu mostrar pra vocês a carinha do Nosso grupo  #NomeProvisório - #PactoLiterário 


Amo vocês gente!

Não deixem de visitá-los e conferir o post de cada um - Eu Li Ou Vou Ler, Dicas da Isa, Ponto Para Ler, Um Café Com Luke, Plataforma 9 3/4 e Jeniffer Geraldine!

domingo, 23 de abril de 2017

Especial Nacional: livros brasileiros favoritos - {Blogagem coletiva}

Olá Pessoal!
Hoje é dia da penúltima Blogagem coletiva do #NomeProvisório. Já está acabando o domingo, mas ainda da tempo de falar para vocês sobre o tema escolhido para hoje...

Para mim é quase impossível escolher "Preferidos Nacionais"... Tenho lido muitos ultimamente e fico feliz em dizer que não me decepcionei com nenhum.

Então vou indicar alguns de gêneros variados, assim fica mais fácil de escolher qual se adequaria mais ao teu estilo de leitura.

Fantasia
Gaian (Resenha)
O Reinício
A Saga do Infinito # 1

Claudio Almeida

Sinopse:
Gaian - o Reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da 7ª Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados, um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos dos guerreiros sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança?

Seja bem-vindo(a) a Gaian - o Reinício. Um livro sobre perdas, poder, pureza, vingança, aprendizado, medo e sobretudo crescimento. Um livro onde o passado, o presente e o futuro se encontrarão para formar o destino.


Ficção/Romance Policial
Mônica (Resenha)
Wagner RMS

Sinopse:
Mônica era uma moça ingênua, sensível e muito inteligente, com todos os anseios e sonhos de uma jovem de sua idade na década de 70, quando ela se envolveu, quase acidentalmente, com assuntos considerados ameaçadores no período do regime militar brasileiro, e como consequência inesperada, acabou sendo torturada e morta. Entretanto, uma força além de nossa compreensão a trouxe de volta, mas no berço errado, e isso fez dela o que ela é hoje: uma arma, clássica, bela e terrível, um trunfo no jogo dos poderes políticos do Brasil e do mundo, percorrendo uma trilha longe do conhecimento público. Assim como todos nós, Mônica vive no fio da navalha entre sua humanidade e seus instintos, sua sensibilidade e toda a maldade que há em sua natureza. Só que no caso desta velha mulher, presa em um corpo jovem que não se curva ao tempo, e movida agora por alguns anseios estranhos à humanidade, um desequilíbrio significa violência, brutalidade e morte! Esta é a história da brasileira Mônica, hoje uma forjada e perigosa agente federal, que descobre a amizade e o amor verdadeiros, mas que, apesar de tão sedutora e poderosa, vê a si mesma como um monstro, e precisa decidir se deve ou não se permitir amar novamente.


Romance Cristão
Uma Chance para a Esperança (Resenha)
Socorro Araújo

Sinopse:
O medo do presente devido ao passado.
Ester e Pedro são dois irmãos que tiveram suas vidas marcadas por traumas e feridas que não cicatrizaram com o passar dos anos. Mesmo sendo bem-sucedidos e conhecidos por serem bons filhos e amigos leais, criaram barreiras emocionais difíceis de se desfazer.
Após um assalto, a perspectiva de vida de Pedro muda totalmente. Dois anos depois, o jovem se vê num momento de sua vida que precisa decidir o que fazer: parar e desistir ou lutar contra as barreiras físicas e emocionais que o impedem de prosseguir.
Ester é uma garota linda que se preocupa em ajudar os outros, mas não consegue lidar com seus próprios traumas. Algo que aconteceu em seu passado a impede de viver um grande amor. Quando um jovem ousado surge em sua vida, uma batalha começa a ser travada em seu coração. Ao mesmo tempo, um segredo familiar guardado ferozmente por sua mãe ameaça a paz que ela tanto busca.
Ester e Pedro. Dois irmãos, duas histórias diferentes, muitas pessoas envolvidas...
Em meio a um segredo guardado a sete chaves, violência, medos profundos, abandono, traição e incredulidade, haverá alguma chance para a esperança?

Poemas
Despertar e Outros Poemas (Resenha)
Diego Demetrius Fontenele

Um livro repleto de poemas carregados de muito sentimento.


"Limite


Por fim percebi
Que limite é só a porta
Do desconhecido
Esperando ser desbravado
Seja você também destemido
E não se contente com seu limite."




Romance
Surpreendente! (Resenha)
Maurício Gomyde

Sinopse:
Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro.
O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.

Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.

Espero que tenham gostado, e se quiserem conhecer mais nacionais, é só passear pelo blog.
E não deixem de conferi os posts dos outros integrantes do grupo #NomeProvisório
Eu Li ou Vou Ler, Jeniffer Geraldine, Dicas da Isa, Ponto Para Ler, Plataforma 9 3/4 e Um Café Com Luke

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Editora Scortecci - Parceria

Olá Pessoal!
Semana iniciando e o Amante dos livros tem uma super notícia para vocês!
Fomos selecionados e nos tornamos blog parceiro, da Editora Scortecci!

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre esse Grupo Editorial?
"MAIS QUE LIVROS, IMPRIMIMOS EMOÇÕES!
A Scortecci é uma editora laureada, com mais de 35 anos no mercado editorial brasileiro. Edita, imprime e comercializa livros em pequenas tiragens desde 1982. Possui gráfica própria com tecnologia Digital, acabamento de qualidade, sofisticado controle de vendas e central de logística. 
Já recebeu os prêmios: Jabuti, APCA, FBN, ABL e PEN Clube. Em sua história conserva os mesmos objetivos e propósitos desde a sua fundação: publicar livros, organizar e apoiar concursos e prêmios literários, realizar recitais e eventos culturais, editar e coordenar antologias de novos talentos, desenvolver o mercado literário através de cursos, palestras e oficinas, trabalhar pela formação de bibliotecas e fomentar o hábito da leitura."

Deem uma olhada no vídeo abaixo, e não esqueçam de se inscrever no canal 😉

O catálogo do Grupo Editorial Scortecci e super variado, e você encontra todos os títulos no site da Livraria Asabeça.

"A Livraria Asabeça nasceu em 20 de dezembro de 1999. 
Pertence ao Grupo Editorial Scortecci e comercializa livros dos selos: Scortecci, Fábrica de Livros, REBRA/Scortecci e Pingo de Letra." 

Vale a pena conhecer também,  o Portal Amigos do Livro
Um endereço para estudo, pesquisa, divulgação e promoção do livro e do hábito da leitura. Onde encontraremos noticias sobre o mundo dos livros e serviços!

Como também, O selo editorial Pingo de Letra, que  é voltado para a literatura infantil. Dá uma olhada lá no site e observa porque é importante publicar com quem entende do assunto 😉


Siga a Editora nas redes sociais!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Uma vez você, uma vez eu - Resenha

Uma vez você, uma vez eu
Diego Martello
Ano: 2015 
Páginas: 184
Editora: Novos Talentos da literatura brasileira

Sinopse:
Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles.
Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.
Um livro repleto de reflexões, uma verdadeira obra literária com a técnica de fluxo da consciência.
Apresentando uma simulação de ordem - ou desordem - dos pensamentos do william (Protagonista), uma complexidade entre o mundo real e o onírico.
Já tinha lido alguns estudos sobre o fluxo da consciência na literatura, porém ainda não tinha tido a oportunidade de ler um livro voltado para essa técnica literária.

Gostei muito da experiência e muitas vezes me senti dentro da mente do protagonista, onde suas diversas situações entre o consciente e o inconsciente, impressões, sensações, raciocínios, emoções... acabam por se misturar ao nosso próprio "Eu", e nos faz refletir, analisar e compreender fatos da nossa própria realidade.

Uma leitura um tanto quanto "complexa", porém muito enriquecedora. 
Impossível não destacar vários quotes que me marcaram e que pretendo reler em outros momentos de minha vida.

A edição é linda, eu amei a capa e tem tudo a ver com a proposta do  livro. As páginas são amarelas, não encontrei erros. É uma obra marcante, que além de trazer ao leitor inúmeras reflexões, ainda surpreende com aquele final nada esperado.

"Até tinha o conhecimento dentro de mim, mas não conseguia alcançá-lo quando precisava."

"Portanto, não mais amaldiçoaremos as pedras em nosso caminho ou abençoaremos as planícies, mas entenderemos suas diferenças e benefícios para sermos seguros e firmes com nossos próprios passos e podermos continuar a caminhar independente do terreno."

"Independente disso, cada pessoa carrega uma pérola em seu peito que a faz diferente e única."

"Você não precisa dominar  o  mundo para ficar em paz, você precisa ficar em paz para dominar o mundo."

"A realidade e a ilusão só se distinguem para quem não tem a capacidade de sonhar, pois ambas conseguem fazer meu coração bater mais forte..."


Book trailer



domingo, 9 de abril de 2017

TOP 5 – Livros de autores contemporâneos

Olá pessoal!
Mais um domingo de blogagem coletiva junto com o grupo #NomeProvisório, e hoje o nosso tema é - TOP 5 – Livros de autores contemporâneos - Foi bem difícil escolher apenas 5, mas acabei optando através dos livros que marcaram minha mente e coração de leitora hahaha... Autores super reconhecidos, outros nem tanto assim, mas para mim, todos tem uma escrita incrível e pretendo ler ainda, muitos livros escritos por eles.
 Vamos lá 😉
Os livros que me conquistaram e que indico para vocês são:

O Código Da Vinci - Dan Brown
Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e Robert Langdon, um simbologista, podem desvendar. Eles viram suspeitos e detetives enquanto tentam decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando os ingredientes de um envolvente suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade.

Refúgio - Harlan Coben (Resenha Aqui)
Apresentado ao público pela primeira vez no suspense Alta tensão, Mickey Bolitar se vê obrigado a ir morar com seu tio Myron, um ex-agente do FBI, após testemunhar a morte do pai e internar a própria mãe numa clínica de reabilitação. Agora o rapaz precisa se esforçar para conviver com o tio, de quem nunca gostou muito, e ainda se adaptar ao novo colégio. 
Para sua sorte, ele logo arruma uma namorada, a doce Ashley, que também é nova na escola. Quando sua vida parece estar entrando nos eixos, o destino lhe reserva uma surpresa: Ashley desaparece misteriosamente. Determinado a não perder mais uma pessoa importante em sua vida, Mickey contará com a ajuda de seus novos amigos, os excêntricos Ema e Colherada, para seguir o rastro da namorada.
Para piorar, uma idosa reclusa da vizinhança lhe conta que seu pai ainda está vivo, sem dar maiores explicações. Quando esses dois mistérios se cruzam, Mickey descobre que está envolvido numa rede de intrigas que o levará a questionar a vida que acreditava ter. Perspicaz e esperto como o tio Myron, Mickey está disposto a fazer tudo o que for preciso para salvar as pessoas que ama.

Os Instrumentos Mortais - Cassandra Clare
É a primeira série no universo dos Caçadores de Sombras. Originalmente uma trilogia, foi estendido para mais três livros, que foram intercalados com os livros da série prequel As Peças Infernais.
A história segue a protagonista Clary Fray, que descobre fazer parte de uma sociedade que tem o dever de proteger a Terra de demônios, e esconder o mundo mágico, ou Submundo, da humanidade.

O Caçador de Pipas - Khaled Hosseini
O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado.




O Último dos Guardiões - João Paulo Silveira (Resenha Aqui)
Um Reino em paz...
A sociedade é governada por um conselho igualitário...
As guerras há muito tempo terminaram...
Mas quando a cobiça pelo poder fala mais alto... Eclode uma batalha sangrenta, como nenhuma outra antes.
Uma guerra que durara vinte anos fora vencida por um feitiço arcano, libertando um mal hediondo na terra. Milhares de vidas foram sacrificadas para que a ânsia de poder de alguns fosse saciada. Uma cidadela fora erigida para treinar novos guerreiros e fazer frente à ameaça.
Após anos de batalha um guardião veterano acredita que poderá enfim deixar a frente de batalha, mas um acordo doentio destrói suas esperanças.
Conseguirá este guardião se reerguer, combater o poder instituído e ainda ajudar seu povo a erradicar os exércitos infernais?

Até próximo domingo com mais um post especial da blogagem coletiva! 😘